7 comentários:
De Maria Moura a 11 de Março de 2009 às 20:14
Pois...
( não me ocorre mesmo dizer-te mais nada! sorry...)


De antídoto a 13 de Março de 2009 às 15:45
Pois...


De Marisa a 13 de Março de 2009 às 14:21
Perguntamo-nos muita coisa quando somos confrontados com a morte ou com a possibilidade da morte daqueles que nos são importantes. A morte é uma inevitabilidade que devemos ter presente, de quando em quando, para nos relembrarmos de apreciar a vida e a nossa casa.


De antídoto a 13 de Março de 2009 às 15:47
Isso


De Joana a 13 de Março de 2009 às 14:30
Bem, a Marisa bem me disse para vir cá espreitar. Andamos a "reflectir no que nos é verdadeiramente importante". E a desejar regressos a casa. :)))))))))

Sintonias...

Será que é porque nos vamos encontrar proximamente? :P

Jinhos.


De antídoto a 13 de Março de 2009 às 15:48
Vamos?


De Joana a 13 de Março de 2009 às 16:01
Vamos. :)))))))))))))))))))))))

E aí levas um abracinho aqui da amiga.
Coisas importantes! :P


Jinhos.


Comentar post