4 comentários:
De Maria Moura a 3 de Julho de 2008 às 00:02
Pronto, acabou o sossego na blogosfera. Isto andava tudo tão calminho, pá. Peace and love, estás a ver e chegas tu, desmancha-prazeres, e vens falar no degelo e nos buracos de ozono?


De antídoto a 3 de Julho de 2008 às 16:47
E tu preferias que falasse de...?


De mímica a 9 de Julho de 2008 às 16:13
Concordo contigo! As pessoas têm a tendência de serem egoístas e estão-se a lixar para as questões ambientais porque dá trabalho e nós não gostamos de trabalho.
Os nossos filhos e netos que se desenrasquem...
Mas como é que as gerações futuras se irão desenrascar se o planeta Terra tá quase destruído? Só se tiverem um poder reparador, o que eu duvido muito...
É sim, meus caros: se vocês não querem cuidar melhor do meio-ambiente, ao menos não façam crianças que é pra elas não terem uma vidinha de miséria e em vez de correrem nos campos cheios de alegria como vocês o fizeram no passado, mas sim a respirar por uma máscara de oxigénio (pois está todo contaminado) e a passear no meio da cidade cheia de carros poluentes e prédios até ao céu.
E quando as vossas crianças perguntarem porque é que não podem respirar ar puro, brincar no campo, etc vocês irão responder: "Não podem, porque nós, vossos pais, destruímos isto tudo, poluímos tudo porque era mais fácil do que estar a fazer medidas menos poluentes...
E o filho responderia certamente:
"Vocês são uns egoístas e não pensaram em nós! A culpa de eu não ter uma vida tão prazerosa como tu tiveste é todo vossa!"
Enfim! Desculpa este enorme comentário, mas fiquei muito inspirada! loool


De antídoto a 9 de Julho de 2008 às 17:55
E transpirada.


Comentar post