7 comentários:
De ana a 24 de Setembro de 2007 às 20:11
e o link do post é...
http://internofeminino.blogs.sapo.pt/47970.html


De antídoto a 24 de Setembro de 2007 às 22:41
Bigado : ) Já corrigi o link


De ana a 24 de Setembro de 2007 às 20:20
:) tu és um generalista. e a minha percepção da realidade é diferente. é uma das ironias da vida :)) ver o quanto somos todos iguais pode tornar-nos diferentes! procura as semelhanças ;) ter necessidade de sublinhar as diferenças é uma fragilidade de que ninguém cuida: preservar o que se conhece. por hábito. por incrível que pareça é uma resistência à mudança :)


De antídoto a 24 de Setembro de 2007 às 22:43
Glup! Repito eu o que ouço nas tascas e dá nisto : )



De ana a 25 de Setembro de 2007 às 14:33
:) sendo tu um ser humano inteligente deixo-te um desafio: escrever sobre as semelhanças. só notar as diferença é uma forma subtil de ignorarmos o que é frágil em nós próprios :) ver as semelhanças começa por aceitarmos as nossas fragilidades. depois começamos a ver a magia de cada pessoa. mas primeiro é necessário aceitarmos o que antes não queríamos ver à nossa volta por ser tão semelhante em nós ;)


De antídoto a 25 de Setembro de 2007 às 15:59
Nada como o estímulo pela positiva...

Olha, eu já espreitei o teu espaço e sei que amas tudo e todos e ainda bem.

Mas, repara, sendo tu um ser humano inteligente, não deves levar tão à letra tudo o que lês, nem achar que conheces alguém pelo que escreve nos blogs.

Muito do que escrevo destina-se a provocar reacções, divirto-me e não é nada que me ocupe o pensamento mais que alguns minutos.

Gosto das mulheres, sei o que nos une e o que nos diferencia, e estou aqui muito descontraído a viver o melhor que posso.

Talvez um dia escreva sobre as semelhanças, mas acho que vou meter muito humor na coisa : )

Beijo


De ana a 25 de Setembro de 2007 às 16:13
:)) é por não levar tudo à letra que volto. obrigada pelo teu cuidado. e venha o humor ;)


Comentar post