11 comentários:
De antídoto a 24 de Julho de 2007 às 15:37
Na percebes nada de poesia, pá :)


De deKruella a 24 de Julho de 2007 às 14:13
Não concordo com o sr. francês. Ele, se viveu outras vidas, devia ser esquizofrénico. Infelizmente só temos esta e temos que aproveitá-la da melhor forma. Quanto aos outros mundos...hummm...ainda não vi nenhum daqueles homenzinhos verdes...
Portanto somos só uma vida num só mundo e se alguns optam por acreditar que vão ser castigados pelo sr. do céu com foward para o inferno...paciência...são opções.


De teresalex a 23 de Julho de 2007 às 16:11
Nem eu ;)


De antídoto a 23 de Julho de 2007 às 15:31
maria - bjnhos

teresalex - Não sou beijoqueiro : )


De teresalex a 20 de Julho de 2007 às 00:54
Eu também só disse que merecias um beijo! ;)


De maria a 19 de Julho de 2007 às 23:01
Não concordo contigo, mas até compreendo e respeito o teu ponto de vista.

gostei do blog.

bjnhos


De antídoto a 19 de Julho de 2007 às 19:33
Mas eu nem falei em sexo :)


De teresalex a 19 de Julho de 2007 às 18:00
Sem saber muito bem por onde começar, devo confessar que este post me tocou e muito!
Como não gosto de grandes comentários ficam duas frases, que não sendo minhas, subscrevo:
- "Quando te moves para lá do teu medo sentes-te livre".

-"Não é bem a vida que faz falta - só aquilo que a faz viver".

E a música....oh Antídoto, isto não se faz....
Na minha modesta opinião, é um dos teus melhores posts.
Mereces um beijo! Toma lá - MUHÁ!


De antídoto a 19 de Julho de 2007 às 15:15
orquidea - Serve tão bem para mim que me apetece partilhar :)

mize - É uma questão de fé, compreendo perfeitamente que, depois de pensares bem, entre mim e deus optes pelo gajo mais alto :)


De Mize a 19 de Julho de 2007 às 14:37
Digamos que estás nos 50%. Se concordo de olhos bem fechados que o caminho para o bem estar se encontra no auto-conhecimento, já não posso aceitar toda essa certeza que chegamos e crescemos e "ploft"... acabou. Quem és tu para me dares essa certeza, com tanta convicção? Aproveitar sim, sem magoar terceiros, sim. Viver um dia de cada vez como se fosse o último sim. Mas o amanhã.... quero acreditar que há algo mais.... (mesmo que não haja)


Comentar post