Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Drop of Poison

veneno avulso com antídoto incorporado

veneno avulso com antídoto incorporado

Little Drop of Poison

07
Jul07

Pragma

antídoto
Andava com a cabeça na Lua e o coração a transbordar de felicidade.
Horas a conversarem, a conhecerem-se, a partilharem emoções, opiniões, conceitos, objectivos, desejos, intimidade…
A vida parecia ter outras cores, tudo parecia mais simples, leve e digno de ser experimentado e vivido.
As noites ardiam em paixão, plenas de carinho, sensualidade, luxúria e intensidade animal.
Passavam os dias a rirem como adolescentes, a trocarem sms estimulantes, desejosos do momento em que poderiam finalmente abraçarem-se.
Tinham passado só uns meses e não se reconhecia, estava mesmo agarrado e a adorar cada minuto, a construir na sua cabeça um filme com final feliz.
Mas naquele dia as respostas às sms estavam diferentes, muito espaçadas e contidas.
Perguntou-lhe se estava tudo bem, recebeu uma resposta afirmativa e descontraiu.
Encontraram-se à mesma hora de sempre, abraçou-a mas ela não correspondeu, deixando os braços caídos ao longo do corpo.
- Hum… tu não estás bem, aconteceu alguma coisa?
- Não, mas temos que conversar - respondeu ela hesitante.
- Que foi, amor? - questionou ele sentindo um baque no coração.
- É que não quero isto…
- Isto o quê?
- Isto! Isto que temos! Não quero sentir esta obrigação, esta vontade de ti, tenho a minha vida organizada, demorei a encontrar o meu equilíbrio, quero a minha vida de volta.
- A tua vida de volta? Nunca te exigi nada, não tens que mudar nada, que conversa é essa agora?
- Porquê, não posso? - respondeu ela desafiadora.
- Claro que podes, mas apanhaste-me de surpresa, mostraste-te sempre apaixonada e agora de repente…
- Sabes que adoro o meu trabalho, tenho que apostar na minha carreira, não quero sentir-me presa.
- Mas…
- Desculpa mas não dá, acabou aqui.

E o mundo voltou a ter tons de cinza...

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2006
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D