Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Drop of Poison

veneno avulso com antídoto incorporado

veneno avulso com antídoto incorporado

Little Drop of Poison

06
Mar07

Amor eterno...

antídoto
Acordou sentindo o calor pesado daquela noite de Verão.
Sentia-se descansado, como se já tivesse dormido tudo, apesar de o mostrador luminoso lhe dizer que eram apenas 4.30 da manhã.
Via o corpo dela, deitado de costas, recortado nu na obscuridade, adivinhando-lhe a respiração pausada.
Sentiu um assomo de ternura, encostou-se, envolveu-lhe o peito num abraço leve, depositou-lhe um beijo no ombro… e foi o que bastou para acordar a sua virilidade.
Notou a sensação familiar na boca do estômago, o desejo a invadi-lo, a necessidade de a sentir.
Afastou-lhe o cabelo, beijou-lhe suavemente a curva do pescoço, percorrendo-lhe o corpo com a ponta dos dedos, sem pressa, num crescendo de sensualidade.
Foi explorando cada centímetro de pele, devagar, languidamente, roçando os lábios, tocando com a ponta da língua, demorando-se no peito, na barriga, descendo às coxas entreabertas, onde inalou o odor inebriante e introduziu a língua.
Deixa-me, porra! - exclamou ela virando-lhe as costas.

22 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2006
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D