Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Drop of Poison

veneno avulso com antídoto incorporado

veneno avulso com antídoto incorporado

Little Drop of Poison

10
Jan07

Espelho meu, espelho meu...

antídoto
Nos últimos 20 anos tem-se vindo a acentuar aquilo que se pode denominar como ‘a tirania da imagem’.
As revistas cor-de-rosa, as televisões, a publicidade, tudo se propõe mostrar-nos e ensinar-nos qual é o tipo de corpo ideal, os trapinhos e acessórios essenciais, os produtos de beleza fundamentais…
E todos cegam, se deixam influenciar e rezam aos gurus desta nova «religião».
Nunca a cirurgia estética foi tão procurada, na ânsia de retocar aqui, retirar ali e preencher acolá, o corpinho com que se nasce, ou recuperar uma juventude apenas aparente.
Morre-se, cada vez mais, de doenças como a anorexia e a bulimia, ou seja, o culto da imagem levado ao extremo.
Os homens, antes uns labregos, vogam agora nas ondas da metrossexualidade (definidos como «aqueles que estão a um metro de serem homossexuais» por uma participante do «A Revolta dos Pastéis de Nata» de que não recordo o nome).
Aplaudidos por elas, entregam-se já a uma vasta gama de cuidados, antes só femininos, incluindo depilações integrais.
Não tenho nenhum tipo de preconceito, cada um deve ser livre de usar, moldar, arrancar, atarrachar, aquilo que muito bem lhe apetece.
Mas, se pensarmos bem, verificamos que se está a entrar em algum exagero.
Claro que todos temos padrões estéticos, todos gostamos do belo, mas recordem-se que os padrões de beleza sempre foram mudando ao longo dos tempos.
E, por exclusão de partes, como a esmagadora maioria de nós não possui as medidas certas e/ou o dinheiro suficiente para alimentar as boutiques e os salões de beleza, só podemos ser infelizes, frustrados e, naturalmente, excluídos da nata social.
Por tudo isto, achei muito interessante a campanha que a Dove está a patrocinar e que podem ver aqui. Claro que os senhores não são uns santinhos, querem chegar a outras franjas de mercado e lucrar, mas, ainda assim, acho bom tudo o que leve as pessoas a aceitarem-se e a perceberem que podem ser simples, bonitas e interessantes, mesmo fora dos padrões ditos perfeitos.
E vejam também aqui um exemplo de como se prega aos beatos desta nova religião.
Para finalizar, que já estou atrasado para a limpeza de pele, pensem nisto, façam exercício, alimentem-se de forma saudável e sintam-se bem.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2006
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D