Segunda-feira, 16 de Abril de 2007
Quem leu o Oriops e o Oriops (a saga continua) sabe que detesto preservativos.
Mas uma coisa é detestar, outra é arriscar a vida por uns minutos de prazer e deitar borda fora uma vida de prazer.
Como tal, resolvi investigar na Wikipédia e trago-vos aqui a descrição de como é que as coisas têm que se passar.
Pertantes, eu estou com uma parceira, não é? Sim, faz falta.
E tenho decorados os passos que se devem seguir para colocar o preservativo (e estou um bocadinho ansioso, não vá ter uma branca, mas pronto).
E estamos ali aos beijos e aos amassos, cheios de urgência, a arrancar a roupa um ao outro e tal.
E quando a coisa está naquele ponto em que já saltam faíscas dos nossos corpos, ponho-lhe a mão aberta na testa, para a manter afastada e:
1 – Olho para a data de validade dos preservativos, impressa na caixa ou na embalagem.
Deixo-a vir, para mais uns segundos de beijos, gemidos, mordidelas, afagos. Depois amarro-lhe um pé à cama e:
2 – Abro cuidadosamente a embalagem, por um dos lados. Ainda que a sacana seja escorregadia, tenho presente que usar dentes e unhas pode rasgar o preservativo e que coisas afiadas nem pensar.
Vejo-a dobrada a tentar desatar o nó do tornozelo, tenho uma vertigem e agarro-a pelas ancas, mas:
3 – Aperto a ponta do preservativo para evitar que fique com ar, já que bolsas de ar podem romper facilmente o desgraçado.
Por essa altura ela desembaraça-se do laço e joga-se a mim, porém:
4 – Estou a tentar perceber qual é o lado certo da borrachinha para pôr, e não há outra maneira de dizer isto, na cabeça do meu amiguinho, após o que – dás licença? - (isto sou eu a falar com ela) desenrolo o preservativo até à base de vocês sabem o quê.
Nessa altura já nem vejo bem, deito-a com um empurrão, puxo-a para a beira da cama e lembro-me que:
5 - Antes de começar a relação sexual devo testar se o preservativo não está "folgado" no pénis (folgado? estes gajos são parvos ou quê?).
E é nesse momento que oiço – Olha, mudei de ideias – (isto é ela a falar comigo).
Seja lá como for, tenham presente que:
6 – Não usem o preservativo mais que uma vez, usem um novo sempre que forem ter relações sexuais (será que eles se sentiram tão idiotas como eu ao dar este conselho?).
E ainda:
7 – Tirem o preservativo assim que ejacularem. Segurem-no enquanto fazem isso (se bem que desconheça outra forma de o fazer).

Sabem que mais? Odeio preservativos!
Prince - Sexy Motherfuker

Arquivado em:

antídoto às 21:54 | link do post | comentar

20 comentários:
De antídoto a 22 de Abril de 2007 às 19:31
maria inbicta com ene - É o que dizem.

maria revisteira - Àh pois enfio.

clara - Hum, quer dizer que não gostas que te 'sujem'?

kruella - Muito me contas : )


De Kruella a 22 de Abril de 2007 às 18:20
hummmm...bom...então cá vai...o preservativo dá muito jeitinho para um determinado tipo de sexo: o anal...lubrificante e tal...higiénico e tal...evitando desarranjos intestinais ;)
Quanto aos outros tipos de sexo toda a gente deve gostar de fazer sem...mas...pouca gente pode aventurar-se nesse campo...
Quanto ao texto estava uma delicia...o que eu me fartei de rir...que humor...inteligente!


De Clara a 21 de Abril de 2007 às 11:05
eu gosto, são higiénicos (para nós). Gosto muito mais do q da pílula do dia seguinte.


De Maria Revisteira a 19 de Abril de 2007 às 23:44
Chiça, este está há dois dias de volta dos preservativos.
Enfia-os, homem!








no caixote do lixo!


De maria inbicta a 19 de Abril de 2007 às 23:11
E quem é que gosta? eheh
Males necessários... humpft...


De antídoto a 19 de Abril de 2007 às 20:39
Carrie, quer dizer que... isto é... heee... nem lavando as mãos com pedra pomes?

Alexia, por quem és, não te queria quebrar nada, tu desculpa.


De alexia a 19 de Abril de 2007 às 19:05
E estava eu a ler os beijos e os amassos, cheia de urgência e tal e coisa...
E quando estou no ponto em que já saltam faíscas dos olhos...quebra-me a te(n)são existente, perante a descrição desmotivante dum "utensílio" irritantemente necessário.
Não poderia estar mais de acordo...não sei se é maturidade mas apesar de os detestar, reconheço a necessidade! :)


De Carrie a 19 de Abril de 2007 às 17:45
Eu admito que sou aquela hipocondríaca que nem deixo sequer que haja qualquer proximidade nos amassos enquanto não protegidos.
E sim, ODEIO preservativos. E quem diz que não há diferença, é mentiroso.
Better safe than sorry!


De antídoto a 18 de Abril de 2007 às 23:03
Star - Reciclagem de preservativos?
Xa lá pensar... hummm... o conteúdo talvez para creme de noite, anti-rugas, hun? E o invólucro, quem sabe, para toucas para o banho... Ena, é melhor ir já ali registar a patente das ideias.

Mau feitio - Aconselho "O Livro da Sexualidade dos 12-17 anos", acho que é logo no primeiro capítulo.


De mu feitio a 18 de Abril de 2007 às 15:57
Não te falta explicar para que serve?


Comentar post

coisas ditas

Case Study: DSK

Fui raptado por extra-ter...

3 em 1 - Exemplos do que ...

Música pela paz

Ainda bem que não somos p...

Destroque-me

O que é uma pessoa defici...

Leva-me à minha rua

Inversão de valores

Tarde de mais

e arquivadas

Julho 2011

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
blogs SAPO
subscrever feeds