Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

A associação das palavras sexo e tântrico sempre me pareceu um abuso, uma deturpação, uma desculpa de mau pagador.


Passar horas a titilar o outro e estar proibido de devorá-lo?!

Ó meus amigos, isso é como estar a morrer de sede e preferir comer bolachas.


Eu sei, é preciso movimentar as massas, ainda hão-de vir com sexo zen, sexo meditativo, sexo transcendental... hã... espera... este último até que não seria mau... enfim, sexo qualquer-coisa.


Para mim só há dois tipos de sexo: bom e mau.


E estou a falar de sexo, não de fazer amor que já é outra coisa.


Claro que brincar, demorar, explorar, estimular, é óptimo. Claro que a sensualidade e o erotismo são essenciais.


Mas sexo é uma coisa animal, não emocional, daí que, na hora da verdade, quanto mais animal melhor.


E não adianta atirarem-me água benta!

 


 

Música: Prince - Satisfied

Arquivado em:

antídoto às 17:27 | link do post | comentar

16 comentários:
De Maria Moura a 10 de Janeiro de 2008 às 19:54
Ena, bendito tântrico que te fez escrever um post, pá!
If you know what i mean...


De antídoto a 11 de Janeiro de 2008 às 09:30
Também é só para o que dá.


De Mrs. jones a 10 de Janeiro de 2008 às 21:36

Também não sou pequena para experiências tântricas.

Sexo sem a pele, sem o tacto, sem o paladar, sem a mistura de texturas, sem a vertente carnal... é um pouco assim como ter legos e não poder montar as peças...

Tenho pra mim que é mais uma tentativa humana de elevação metafísica para fugir à simples condição de espécie animal.

Não concordo quando estabeleces uma separação entre fazer amor e "sexo animal". Não me parece que se excluam. Pelo contrário, podem resultar numa mistura soberba.



De antídoto a 11 de Janeiro de 2008 às 09:39
Não estarás a confundir amor com fazer amor?


De Anónimo a 11 de Janeiro de 2008 às 09:56

Não percebo a pergunta.

Embora "fazer amor" possa pressupor uma envolvência emocional, ninguém falou em amor ainda.


De Mrs. Jones a 11 de Janeiro de 2008 às 09:58

Sorry. Desanonimando.


De antídoto a 11 de Janeiro de 2008 às 11:26
Heeee... quer dizer... um de nós não sabe do que está a falar e só posso ser eu.



De Mrs. Jones a 11 de Janeiro de 2008 às 11:48

Não, claro que não. Essa hipótese está claramente fora de questão.

Presumo que não estejamos a utilizar os mesmos conceitos.


De Anónimo a 11 de Janeiro de 2008 às 10:42
Do que gostei mesmo foi o remate final, a água-benta. :)


De ego qualquer coisa a 11 de Janeiro de 2008 às 11:48
O melhor de tudo é quando encaixa. Tantrico, selvagem, seja como for (eu cá sou púdica e não me vou alargar).

Optima escolha musical. Meio caminho andado para o assunto em questão.


De antídoto a 11 de Janeiro de 2008 às 11:51
Sim, quando encaixa é bom, mas daí a ser o melhor...


De Alex a 12 de Janeiro de 2008 às 12:02
Para mim essas conversas de pseudo sexo não colam. É como ir jantar a um restaurante vegetariano: é daquelas modernices que temos de experimentar, para evitar tabus. É tudo muito bom e zen e cenas e pseudo e saudável bla bla, mas depois chegamos a casa e devoramos tudo o que apareça à vista assim que abrimos o frigorífico. E não voltamos.


De antídoto a 13 de Janeiro de 2008 às 22:35
Mente aberta em corpo são... ou será o contrário?


De Mize a 12 de Janeiro de 2008 às 16:02
Tal e qual como o esparguete. Há quem goste al dente e quem gosta bem cozido. Apenas há um ingrediente comum aos dois: o sal q.b.
Falo no esparguete e no sexo, claro. :-)


De antídoto a 13 de Janeiro de 2008 às 22:38
Queres tu dizer que há gostos para tudo e é verdade.

O problema é quando um quer al dente e o outro bem cozido.


De Mize a 22 de Janeiro de 2008 às 12:39
Quando chega aí, só há uma solução. O "jantar" a dois deixa de fazer sentido. O melhor mesmo é ir cada um comer um cachorro quente :-)


Comentar post

coisas ditas

Case Study: DSK

Fui raptado por extra-ter...

3 em 1 - Exemplos do que ...

Música pela paz

Ainda bem que não somos p...

Destroque-me

O que é uma pessoa defici...

Leva-me à minha rua

Inversão de valores

Tarde de mais

e arquivadas

Julho 2011

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
blogs SAPO
subscrever feeds