Terça-feira, 6 de Novembro de 2007

Anda este mundo e o outro a queixar-se, eles porque não entendem as mulheres,  elas porque não entendem os homens.

 

Daí partem para as generalizações patetas, tipo "eles são todos iguais, querem todos o mesmo" ou "elas são todas volúveis e complicadas".

 

Pior ainda, inculcam isso nas próprias cabecinhas e agem e reagem como se de uma lei inderrogável se tratasse.

 

E depois acontece como ao Alice Cooper, a cantar que a quer amar mas é melhor não tocar, que a quer abraçar mas a quem a intuição manda parar, que a quer beijar mas os lábios dela são veneno...

Porra, pá, deixa-te de merdas e agarra a mulher de uma vez!!


Confesso, já não aguento estar sempre a ouvir a mesma cantilena, a próxima alminha que me vier com lamúrias corre o sério risco de ser severamente fustigada.

 

Para o evitar vou aqui afirmar, alto e em bom som:


EU ENTENDO AS MULHERES! (já vos conto mais abaixo)

 

Quanto aos homens, que caramba, o que é que há para entender?

 

Ok, meninas, é verdade, nós somos bichos lineares. Não procurem entrelinhas no que dizemos, somos diferentes nesse aspecto.  

 

E sim,  assumam que temos sempre o sexo na cabeça e no corpo, porque, em regra, também é verdade.

 

O que não podem assumir é que somos todos incapazes de ser verdadeiramente amigos,  estáveis e leais, enfim, de querer o mesmo que muitas de vocês.

 

20% de nós, homens e mulheres, são predadores inveterados, não querem ligações sérias, vivem casos atrás de casos, ou apenas sexo descartável.

 

Mas 80% de nós, homens e mulheres, são pessoas sexualmente inexperientes, vivem as suas vidas pacatamente, desejam encontrar o amor e assumir relações estáveis.

 

Por isso meninas, se é o que querem, procurem-nos e sejam mais atentas.

 

Han? O quê? São gajos menos estimulantes? Não dão luta? Babam-se muito? Então não se queixem dos predadores.

 

Agora, rapazes,  vou-vos contar o segredo para entenderem as mulheres.

 

Eta, nem tinha reparado nas horas!

 

Tenho que ir ali, fica para uma outra oportunidade.

 

Música: Alice Cooper - Poison


Arquivado em: , ,

antídoto às 19:47 | link do post | comentar

22 comentários:
De antídoto a 6 de Novembro de 2007 às 21:21
Esta música está-me a dar uma vontade louca de dançar


De M.J. a 6 de Novembro de 2007 às 21:22

E desde quando é que o Alice Cooper é exemplo de alguma coisa? (toda a gente sabe que ele deixou de tomar a medicação way, way back)

E quem é que disse que os homens não podem ser verdadeiros amigos, estáveis e leais?

E porque é que os 80% que desejam encontrar o amor e assumir relações estáveis são pessoas sexualmente inexperientes?

E porque é que os predadores são estimulantes? (E a pica que dá um tímido???)

E porque é que os homens nunca acabam uma conversa e batem em retirada no momento crucial? (ai jazuz, uma generalização!)

Calo-me já, pareço a criancinha do anúncio da fruta.

PS: para quem não gosta de clichés...


De antídoto a 6 de Novembro de 2007 às 22:01
Hum... heee... cof cof... treloc treloc treloc...

Já um rapaz tímido, modesto e despretensioso não pode escrever uma coisa levezinha e inconsequente que aparece logo alguém inteligente a desmontar tudo.

Fico chateado, claro que fico chateado.

E curioso.

Seria uma bela conversa...


De M.J. a 6 de Novembro de 2007 às 22:04

Seria? Não sei, não.

As mulheres fazem muitas perguntas... (outro cliché).


De antídoto a 6 de Novembro de 2007 às 22:08
De onde nascerão esses clichés, sem nenhuma razão de ser, é o que me pergunto...


De M.J. a 6 de Novembro de 2007 às 22:22

É verdade... vá-se lá saber...


De M.J. a 6 de Novembro de 2007 às 21:24


E NÃO, OS HOMENS NUNCA SÃO LINEARES.


De antídoto a 6 de Novembro de 2007 às 21:53


De alma_transparente a 7 de Novembro de 2007 às 09:50


De antídoto a 7 de Novembro de 2007 às 10:41
Ainda bem que gostaste :)


De alma_transparente a 7 de Novembro de 2007 às 12:46
E o que não gosto em ti!?

Posso não concordar...mas gosto sempre...


De antídoto a 7 de Novembro de 2007 às 15:51
Vá, compõe-te, olha as pessoas...


De M.J. a 7 de Novembro de 2007 às 19:25

Olha, o "tímido" não estava lá...!
Ele há coisas...


De antídoto a 7 de Novembro de 2007 às 19:47
É o que dá leituras apressadas


De M.J. a 7 de Novembro de 2007 às 20:08

Leituras apressadas? Não faço. Ou leio ou não leio.


De antídoto a 7 de Novembro de 2007 às 20:34
Muito me lês, digo, dizes...

Atenta, perfeccionista e?


De M.J. a 7 de Novembro de 2007 às 21:36

Discreta.


De antídoto a 7 de Novembro de 2007 às 21:40
essa é como a língua inglesa, fica sempre bem.


De fábula a 9 de Novembro de 2007 às 11:09
tu não sejas mentiroso, pá! não há homem nenhum que entenda as mulheres... e os próprios homens tb não se entendem uns aos outros lá muito bem... ;)


De antídoto a 10 de Novembro de 2007 às 01:03
Ora, sabes lá tu o que me diz o meu 28º sentido...


De Mizé a 9 de Novembro de 2007 às 20:07
Tens a certeza? Somos todas diferentes... o teu chip aguenta? rsrsrs


De antídoto a 10 de Novembro de 2007 às 01:04
Ok, todos diferentes, mas iguais em muitíssimas coisas.


Comentar post

coisas ditas

Case Study: DSK

Fui raptado por extra-ter...

3 em 1 - Exemplos do que ...

Música pela paz

Ainda bem que não somos p...

Destroque-me

O que é uma pessoa defici...

Leva-me à minha rua

Inversão de valores

Tarde de mais

e arquivadas

Julho 2011

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
blogs SAPO
subscrever feeds