Sexta-feira, 15 de Junho de 2007
Caminhava distraidamente pela rua quando quase chocou com um matulão barbudo e mal-encarado que a fixava com um sorriso aberto, levantando sobre a cabeça um cartaz onde se lia «abraços de graça».
- Mais um maluco - pensou ela enfastiada, desviando-se.
Mas ele não desistiu, abriu os braços e envolveu-a num abraço apertado.
Ficou vermelha de raiva e indignação, pontapeou o homem e afastou-se gritando impropérios.
Como se atrevia a tocar-lhe sem a conhecer de lado nenhum, quem se julgava ele para a agarrar?! Mas ia ensinar-lhe uma lição.
Dirigiu-se ao primeiro polícia que viu, contou-lhe o sucedido e exigiu-lhe que identificasse o homem.
Voltaram ao ‘local do crime’ e o agente pediu a identificação ao indivíduo que a não tinha consigo.
O passo seguinte foi chamar um carro-patrulha para conduzir o abraçador à esquadra, mas nessa altura já uma pequena multidão assistia curiosa e revoltada.
Finalmente lá deixaram seguir o homem que dava abraços, com um aviso sério para não repetir a graça.
Antes de se ir embora deixou na mão dela um papel com um endereço de Internet…


antídoto às 16:41 | link do post | comentar

6 comentários:
De Tuxa a 18 de Junho de 2007 às 09:49
Eu ja recebi um desses aqui em Amesterdao. Nao acho nada mal, por acaso... o calor humano anda cada vez mais escasso. E tanta falta faz...


De deKruella a 17 de Junho de 2007 às 10:14
Nada disso, acho que percebeste mal.
Se usasses um texto meu agradecia uma chamada de atenção mas um vídeo do iutubi...toda a gente usa qunado lhe apetece né? Eu é que peço desculpa por ter feito referência...não é meu costume...


De antídoto a 16 de Junho de 2007 às 18:12
Abraços por encomenda não me dão grande pica : )


De teresalex a 16 de Junho de 2007 às 18:06
Então? O cartaz já está pronto???;-)


De antídoto a 15 de Junho de 2007 às 23:05
Sorry, não dei por ele no teu blog ou teria feito uma chamada de atenção.


De deKruella a 15 de Junho de 2007 às 22:58
Já há tempo postei este video...tá muito bem apanhado...
Faz-nos pensar.

Claro que o teu texto reflecte muito bem o que sentimos se apanharmos um manfia desses pela frente (tou a brincar)! Eu também era capaz de ponteapear um maluco que me viesse abraçar a não ser claro que tivesse o cartaz. LOL


Comentar post

coisas ditas

Case Study: DSK

Fui raptado por extra-ter...

3 em 1 - Exemplos do que ...

Música pela paz

Ainda bem que não somos p...

Destroque-me

O que é uma pessoa defici...

Leva-me à minha rua

Inversão de valores

Tarde de mais

e arquivadas

Julho 2011

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
blogs SAPO
subscrever feeds