Segunda-feira, 18 de Junho de 2007
Tinha sido uma semana terrível, mas finalmente o projecto estava delineado e aprovado.
A reunião terminara e de repente a energia direccionada ao objectivo esfumou-se e abateu-se sobre ele o cansaço das noites mal dormidas e do stress acumulado.
Sentia os músculos doridos da tensão acumulada. Recostou-se na cadeira, aliviou o nó da gravata e espreguiçou-se tentando sacudir a modorra que o invadia.
Conhecia-se o suficiente para saber que não conseguiria concentrar-se no trabalho, pelo que decidiu tirar o resto da tarde.
Saiu, meteu-se no carro e dirigiu-se ao clube, estava a precisar era de vinte minutos de sauna e uma massagem relaxante.
Já na cabine deixou-se invadir pelo prazer que lhe era transmitido pelo vapor quente, recapitulando as últimas horas e sorrindo para si mesmo. Ao contrário da maioria, gostava de saborear as vitórias a sós, revendo mentalmente todos os aspectos, projectando os passos seguintes e os resultados espectáveis.
O relógio disse-lhe que estava na hora da massagem, enrolou uma toalha à cintura, vestiu o roupão de turco e dirigiu-se à sala respectiva onde foi recebido por uma jovem morena que lhe indicou onde se deitar.
Sentiu primeiro o odor perfumado do óleo aquecido e depois as mãos firmes e suaves, em movimentos rotativos nas suas costas.
Ela trabalhou-lhe lentamente todos os músculos, mandando-o virar passados alguns minutos e recomeçando os movimentos, agora no peito e abdominais.
Depois passou para os pés e pernas, subindo suavemente até às coxas.
E foi aqui que não controlou uma erecção repentina e constrangedora.
Pensou em saltar dali, mas ela pareceu indiferente e não parou os movimentos, massajando-lhe o interior das coxas, tocando-lhe repetidamente com as costas das mãos no pénis latejante.
Não conseguia perceber se era propositado, se ela estava a divertir-se com a sua atrapalhação. Teve a certeza quando a mão dela o agarrou com firmeza e iniciou os movimentos rítmicos que o estavam a levar rapidamente ao êxtase.
Ouviu uma campainha e abriu os olhos.
.
Estava ainda na sauna.
Yoga Meditation - Music For Massage - Inner


antídoto às 12:11 | link do post | comentar

7 comentários:
De antídoto a 21 de Junho de 2007 às 15:05
mizé - Era.

tangerina - É.

teresa - Ando.

curiosa - Vai.

aileh - Oleadas.

kruella - Ora.


De deKruella a 20 de Junho de 2007 às 22:44
Antídoto está muito bom, adorei o texto! Está muito bem escrito. Que inveja pá...escreves bem, caraças!


De ailéh a 19 de Junho de 2007 às 16:54
Tou curiosa, como eram as maõs da rapariga?


De Curiosa a 19 de Junho de 2007 às 02:50
Olha, com esta música tão relaxante...

...


...


...












Vou dormir!!!
;))


De teresalex a 19 de Junho de 2007 às 00:43
Antídoto, Antídoto... andas a "sonhar" com massagens Ayurvédicas, acompanhadas de Nag Champa ou Ylang Ylang!!Hummm....

A música...como sempre! Desta vez (e não só) levas mesmo 5*.
Melhor que isto, só um fds de meditação ;)


De Tangerina a 18 de Junho de 2007 às 19:52
Tu andas muito cansado...


De Mize a 18 de Junho de 2007 às 15:16
Dá um abraço à miúda da massagem que isso ( o cansaço)passa!... :-)


Comentar post

coisas ditas

Case Study: DSK

Fui raptado por extra-ter...

3 em 1 - Exemplos do que ...

Música pela paz

Ainda bem que não somos p...

Destroque-me

O que é uma pessoa defici...

Leva-me à minha rua

Inversão de valores

Tarde de mais

e arquivadas

Julho 2011

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
blogs SAPO
subscrever feeds