Quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2007
(continuação)
Porém, permitam-me que tome a defesa da nossa criação.
Os humanos são uma raça de contrastes que tem, em si mesma, enormes capacidades de regeneração. São capazes de actos sublimes, de um altruísmo comovente, mostrando o melhor de si próprios, toda a sua força interior, principalmente nos momentos em que sofrem colectivamente graves crises provocadas pelas convulsões naturais do planeta.
De Us fez uma pausa, enfrentando os olhares dos conselheiros, e continuou.
- Se isto não é um sinal evidente de que merecem a continuidade evolutiva, então não sei o que seja. E notem que o meu tempo de acompanhador me permite afirmar que eu sei tudo! É esta a decisão que aqui venho defender e espero de vós.
Dito isto sentou-se, notando com agrado o efeito que as suas palavras tinham provocado nos semblantes dos que o ouviam.
De súbito ouviram-se palmas ritmadas e todos fixaram Dem Onio que se levantava com um sorriso nos lábios.
- Meus irmãos, quero primeiro dar os meus mais sinceros parabéns a De Us. É de facto necessário ser-se muito competente para do nada fazer surgir algo. Percebo agora melhor de onde herdou Jes Us o espírito imaginativo, ambos têm realmente o dom da multiplicação. Não vou esticar-me na minha apresentação, já que o nosso inventivo irmão disse o que é essencial para a vossa análise, ou seja, e sito, “a estagnação emocional e espiritual é evidente”. Acrescento, apenas, algumas informações adicionais, para vosso completo conhecimento:
1 - Guerras fratricidas de nível regional e mundial;
2 - Investimento massivo em armamento com potencial para aniquilar toda a vida no planeta, enquanto a fome e a doença são epidémicas e alastram em larga escala;
3 - Matanças permanentes e continuadas por motivos étnicos, religiosos, políticos e muitas vezes apenas porque sim;
4 - Exploração e destruição acelerada dos recursos naturais essenciais, por motivos puramente económicos;
5 - Poluição crescente e incontrolada, com graves consequências no equilíbrio natural do planeta, provocando alterações climáticas já evidentes e que se tornarão devastadoras a curto prazo;
6 - Exclusão e exploração de ¾ da população mundial, impedida de aceder à partilha dos bens essenciais e aos níveis de evolução da minoria mais desenvolvida;
Como vêem, meus irmãos, a raça humana está condenada. Ou agora por vossa decisão, ou a curto prazo por sua própria iniciativa.
(continua)


antídoto às 19:45 | link do post | comentar

2 comentários:
De Mize a 9 de Fevereiro de 2007 às 14:44
hummm continuo curiosa.. ups sem ofensa à titular do coment anterior rsrsrs
E a esperança seu veneninho?? we need hope...


De Curiosa a 8 de Fevereiro de 2007 às 22:12
Caramba, és sempre assim?
A deixar as coisas boas para o dia seguinte???

Podes ao menos dizer quantos episódios tem esta novela?
;-)


Comentar post

coisas ditas

Case Study: DSK

Fui raptado por extra-ter...

3 em 1 - Exemplos do que ...

Música pela paz

Ainda bem que não somos p...

Destroque-me

O que é uma pessoa defici...

Leva-me à minha rua

Inversão de valores

Tarde de mais

e arquivadas

Julho 2011

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
blogs SAPO
subscrever feeds